DEUS é DEUS; nós não somos


O que acontece em nossa mente para pensarmos que sabemos mais do que Deus? A despeito de todos os erros que cometemos não importando as inúmeras vezes que estragamos tudo, e apesar da grande evidência do contrário, persistimos em acreditar que de alguma forma podemos dirigir nossa vida melhor do que o Senhor. O orgulho é o que move essa atitude, o mesmo que prejudicou Adão e Eva no jardim do Éden.
Devemos descansar e deixar Deus ser Deus. Ele é Deus, nós não somos. Qualquer ato que desconsidere isso está fadado ao fracasso. Se tentarmos comportar-nos como Deus, ficaremos frustrados. Mais do que isso, poderemos colocar nossa vida em perigo, porque o Senhor não tolera rivais. O único caminho adequado- para não falar o mais seguro- é a humildade de aceitar nossa posição no patamar por um pouco, menor do que Deus (Sl 8.5), e permitir que Deus seja Deus. Isso significa admitir nossas limitações enquanto conhecemos que o Senhor não as tem.
Sobre aceitar nossas limitações... Sabendo que pelo que somos e não somos responsáveis, e o que podemos e não podemos fazer. Agora, estamos analisando o outro lado desta moeda.

Há coisas que somente Deus pode fazer. Apenas o Senhor tem poder para criar um universo do nada. O melhor que conseguimos realizar é produzir algo a partir de uma matéria-prima que já temos em mãos. Só o Altíssimo origina a vida.
Os cientistas tentam reproduzir isso num laboratório, juntando as “peças do processo” da vida e empregando meios para recriar as condições que acreditam ter existido na terra há milhões de anos, pressupondo que a vida surgiu espontaneamente. Eles têm falhado.
Apenas o Senhor pode mudar o coração humano, tornando um rebelde num alegre filho Seu. Terapeutas até conseguem ajudar uma pessoa problemática a sentir-se melhor, mas todo o aconselhamento e toda a psicologia do mundo não são capazes de eliminar o principal problema: o orgulho que habita num coração pecador. Só DEUS pode perdoar os pecados. Somente Ele pode arrancar o mal pela raiz e transformar o homem. Há coisas que só Deus o Todo – poderoso consegue fazer.

Há coisas que só Deus sabe. Uma frase mais honesta e libertadora que podemos dizer a alguém é “eu não sei”. Temos medo de demonstrar ignorância, tememos o fato de pensarem que somos estúpidos. Precisamos estar no controle ou, pelo menos, fazer com que os outros achem que estamos. Uma das razões de haver tantos absurdos no mundo é muitos, principalmente os líderes e os chamados “especialistas”, darem qualquer explicação para evitar que sua reputação seja manchada com a falta de reconhecimento.
Em Provérbios 1.7 está escrito: o temor do Senhor é o princípio da ciência; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução. Em outras palavras, temer a Deus é o principio da verdadeira sabedoria. Não sabemos tudo, tampouco podemos saber. Parte do temor a Deus é reconhecer o fato de que há assuntos que só Ele conhece.

Há circunstâncias que só Deus entende. Não podemos compreender tudo o que acontece na vida. Há situações que simplesmente fogem ao nosso entendimento. Esta é uma das razões por que a fé do Reino é tão importante. A fé genuína nos ajuda a ter paz e confiança plena vivendo num mundo onde há tanta confusão.
Chega uma hora em que temos de dizer: “sabe, Senhor, eu realmente não entendo isso. Mas, tu sabes, e é o bastante”. Você fica perplexo ou contrariado com o que não compreende? Renda-se à sua falta de entendimento e à onisciência divina. Descanse na certeza de que Deus tem tudo sob controle, incluindo circunstancias que não fazem sentido para você.

Há fatos que apenas Deus explica. Um dos maiores obstáculos que muitos cristãos enfrentam na maturação de sua fé é a crença de que haverá explicação para tudo o que Deus permite que aconteça na vida deles. Deus, não tem obrigação de explicar Suas ações ou de justificar-se para nós.
Jô foi provado severamente, embora tenha clamado muitas vezes a Deus, nunca soube o porquê de ter sofrido tanto. Quando o Senhor finalmente falou com ele, foi para contestar a perspectiva que Jó tinha da vida.
Embora Jó tenha falado com Deus, reconhecido sua audácia e se arrependido no pó e na cinza. (Jó 42.6), o Senhor não revelou a razão de suas provações. No final, pela ótica de Jó, isso não fez diferença. Ele ficou contente em deixar Deus ser Deus, o que quer dizer aceitar o fato de que há acontecimentos que só o Senhor pode explicar, e ele às vezes escolhe não fazê-lo.
Por fim, precisamos saber nossos limites. Devemos aprender a modificar aquilo que podemos aceitar com graça o que não podemos mudar e viver em paz equilibrando esses dois fatores. Tudo é possível para Deus. Então, quando se deparar com o irreversível, o desconhecido, o inexplicável e o incompreensível, confie tais situações ao Deus do impossível.

Trechos do livro Redescobrindo a fé, p.117-119.


Postado por: Alinne Emanuela

O rosto resplandecente de Moisés

"... MOISÉS NÃO SABIA QUE O SEU ROSTO RESPLANDECIA POR TER CONVERSADO COM O SENHOR." (Êxodo 34.29b)


Após ficar no monte Sinai durante quarenta dias e quarenta noites, Moisés recebeu a ordem de Deus para escrever nas tábuas os Dez Mandamentos. Deus fazia naquele momento uma nova aliança com o povo de Israel. 


"Faço com você uma nova aliança. Diante de todo o seu povo farei maravilhas jamais realizadas na presença de nenhum outro povo do mundo. O povo no meio do qual você habita verá a obra maravilhosa que eu, o Senhor farei." (Ex 34.10)

Ao descer do monte Sinai com as duas tábuas nas mãos, Moisés não sabia que o seu rosto resplandecia por ter conversado com o Senhor. Seu rosto brilhava intensamente!! Sua face rutilava tanto que os israelitas ficaram com medo de aproximar-se dele. Moisés tinha que cobrir o seu rosto com um véu para falar com o povo de Israel. 


Como a presença de Deus em nossas vidas faz diferença, é notável para todos os que nos cercam.

Será que a glória de Deus pode também ser vista no nosso falar, no vestir, no nosso comportamento...?
Deus quer comunhão com seus filhos para que em nós resplandeça Jesus Cristo.







Illane Brandão

Relatos de um Adolescente


Certo dia eu conectada ao Messenger fui procurada por uma pessoa me perguntando se tinha como eu postar um post escrito por ele, a princípio eu questionei do que se tratava, já que o blog é de cunho evangelístico, logo tive como resposta: Eu sei... Que é um blog que fala de Jesus! Então, eu apenas disse, escreve que eu posto e acreditei e por incrível que pareça veja o que diz o texto escrito pelo o adolescente de 16 anos.



Era uma vez.

Era uma vez, e era uma segunda também, vou lhes explicar o porquê, minha mãe nasce e cresceu no evangelho, tinha sabedoria da palavra, mas como muitas outras pessoas não se desligaram das coisas do mundo e distanciou-se dos caminhos do Senhor, pondo assim em risco a sua salvação e a de sua família. Aos 8 anos de idade, lembro-me de aceitar Jesus Cristo como meu salvador, e logo após tendo como exemplo de minha mãe, apeguei-me as coisas que não agradam a Deus.
Anos depois, me reconciliei novamente com Jesus, pedi a Ele que escrevesse o meu nome no livro da vida, enfrentei meus pais, amigos, e vi de perto o que Jesus quis dizer com: Evangelho: Lucas 21, 12-19 . Todos vos odiarão por causa do meu nome. Mas vós não perdereis um só fio de cabelo da vossa cabeça.
Eu enfrentei todos por achar que minha fé fosse grande e ilimitada, mas estava enganado, minha fé era tão pequena que penso que é bem menor que o grão de mostarda; eu abandonei todo meu esforço e voltei para o caminho largo e vazio que o mundo nos oferece.
Um dia eu sei que vou voltar, Jesus sabe o que se passa em minha casa, e ele disse: O dia de amanhã não nos pertence; mas ele também sabe que sou um fiel seguidor, e que quero concretizar minhas promessas, pois Deus não nos deu um espírito de timidez, mas de FORTALEZA, de AMOR e de SABEDORIA.
Jó 22:28: Determinando tu algum objetivo, ser-te-á firme em teu negócio, e a luz brilhará em teus caminhos.


Se você leu o que o nosso amigo escreveu e ficou impactado com suas palavras, deixe uma palavra de fé para nosso amado e ajude a amar uns aos outros na convicção de que Jesus é nossa salvação!

Texto escrito por: Alex Renan Moraes
Postado por: Alinne Emanuela

VOCÊ NÃO PODE ESCOLHER AS PROVAÇÕES... MAIS PODE ESCOLHER AS REAÇÃOES.




Você já sentiu como se um furacão tivesse passado em sua vida? Deixando- a sem perspectiva de vida, exausta, sem rumo sem visão. Todo o dia nos deparamos com pessoas que passaram por situações inesperadas. É a vida...

Mais diante dessas situações difíceis que atitudes você toma?

Deixa-se derrotar e entre todas as suas forças.
Fica desacreditado e diz: não tenho mais saída.
Então veja e siga os exemplos dessas pessoas que passaram por situações que pareciam não ter mais saída.

A bíblia nos conta a história da rainha Ester. Esta jovem rainha passou por uma situação difícil da sua vida, podemos dizer que ela se encontrava no vale da decisão, ela precisava urgentemente fazer uma escolha de vida ou morte.
Ester então tomou uma atitude e optou por confiar no Deus a quem servia. ( Et 4:11)

Todos os servos do rei, e o povo das províncias do rei, bem sabem que todo o homem ou mulher que chegar ao rei no pátio interior, sem ser chamado, não há senão uma sentença, a de morte, salvo se o rei estender para ele o cetro de ouro, para que viva; e eu nestes trinta dias não tenho sido chamada para ir ao rei.

 (ET 4:16)Vai, ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de dia nem de noite, e eu e as minhas servas também assim jejuaremos. E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se perecer, pereci.

Ester obteve êxito e alcançou favor do Senhor, por causa da sua reação diante da circunstância que se encontrava, conseguiu livrar não somente ela, mas todo seu povo de uma sentença de morte.

Não podemos esquecer-nos também de Jó, homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal. Mesmo sendo servo fiel passou por momentos de dores e provações.
Você lembra o que Jó disse quando vivia em um momento em que parecia que tudo tinha acabado?

(Jó 19:25)  Porque eu sei que o meu redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, SENHOR, rocha minha e redentor.
Então mantenha a esperança e a fé. Decida-se sempre pela vitória em cada circunstância que a vida te colocar.  Lembre-se que Deus é o Deus do impossível.

(Jr. 17:10) Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações.


Texto escrito por: Lédina Gonçalves
Postado por: Alinne Emanuela

Pulando a cerca com os dedos!


Sabemos que em nossos dias a família está no sinal vermelho, bases familiares abaladas e desestruturadas por vários motivos e o principal deles a “infidelidade” de ambos os lados.  Para alguns a frase: eu me divorcio! Enche a boca de alguns, achando a maior naturalidade de casar e separar-se em imediatamente, se as coisas entre os cônjuges não andarem muito bem e não existir afinidades totais entre os parceiros já acham que devem assinar o divórcio e tentar uma nova oportunidade, o que me leva a pensar que o casamento deixou de ser uma base familiar para uma aventura amorosa “coisa passageira” e sem nenhum valor significativo.
E para evidenciar de fato que estamos em uma época da “crise da afetividade conjugal” no dia 11/07 foi lançado aqui no Brasil um site especializado em facilitar os famosos “pulinhos de cerca”, aqueles tão almejados para alguns... The Ohhtel é primeira rede social para quem está em busca de amantes, teve sua interface traduzida para o português do Brasil a fim de facilitar ainda mais o acesso ou seja, quem quiser ter "uma maneira discreta de ter um caso", pode entrar no site e ter uma relação extraconjugal normalmente com direito a marcar encontro e tudo mais em absoluto sigilo, não deixando de mencionar que o acesso para as mulheres é gratuito e para os homens existe uma exigência de valores.  A decadência familiar está tão grande que o site afirma já contar com mais de 1,3 milhão de pessoas registradas em todo o mundo. Por incrível que pareça!
Um site feito especialmente para aquelas pessoas que estão sentindo-se cansada de sua vida monótona e que quando estiverem sufocados, pode marcar seu pulo de cerca com os dedos no teclado e com olhos vidrados na tela do monitor, tudo muito simples e sem esforços. O mais absurdo de tudo isso é o que seus gerenciadores argumentam:
"Criamos para pessoas que vivem a rotina do casamento sem intimidade física, mas que não querem o divórcio", de acordo com a entrevista dada "Agência Efe".
  Leva-nos a pensar que essa seria a forma perfeita de evitar divórcios. Quanta Hipocrisia!
Daí pode-se ter uma proporção do quanto não está tendo o mínimo de valor à fidelidade entre os casais, a cumplicidade e o respeito ambíguo, pois, a essência de nossas vivências está nos relacionamentos significativos, especialmente aqueles que se dão no âmbito de vida familiar.


Alinne Emanuela

CINCO COISAS QUE VOCÊ DEVE FAZER




Dando continuidade, leia agora as “cinco coisas que você deve fazer” depois de “cinco coisas que você deve saber”. Um livro escrito por Raimundo de Oliveira, que ajuda o novo convertido e instrui á luz da Bíblia os primeiro passos na fé cristã. Façam uma boa leitura!! (Illane Brandão)


CINCO COISAS QUE VOCÊ DEVE FAZER
O nascer espiritual para Deus é muito parecido com o nascimento físico. Assim como um bebê precisa de exercícios para crescer sadio e forte, da mesma forma, você, como um bebê espiritual, precisa exercitar-se a fim de que seja espiritualmente sadio e forte.
Com o propósito de ajudá-lo no seu crescimento espiritual, é importante que você faça o seguinte:


1.     1. ESTUDE A SUA BÍBLIA DIARIAMENTE
Durante o seu ministério na Terra, Jesus confirmou o que Deus havia dito no Antigo Testamento, de que “nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4. 4). O que o alimento (carne, arroz, feijão, massas, legumes, frutas e verduras) é para o corpo, o estudo piedoso da Bíblia Sagrada é para a sua alma.
Se você ainda não possui uma Bíblia, adquira-a o mais rápido possível. Em seguida, reserve um tempo a cada dia para estudá-la. De preferência, escolha um tempo para que ao lê-la você não seja interrompido. Só o estudo prazeroso e constante da Bíblia é que pode enriquecer a sua vida. Davi considerava muito feliz o homem que “tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite” (Salmos 1.2)
Além de enriquecê-lo espiritualmente através de um melhor conhecimento de Deus, o estudo diário da Bíblia lhe dará os meios de responder quanto à sua nova vida que agora você tem em Jesus Cristo.


2.  2. ORE CONSTANTEMENTE
Assim escreve o apóstolo Paulo: “Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, ações de graça por todos os homens, pelos reis e por todos os que estão em eminência... Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira e nem contenda” (I Timóteo 2.1, 2,8).
A oração é como uma ponte ou uma grande avenida através da qual a terra se liga ao céu. Através dessa grande via, você pode ir ao trono da graça divina, bem como receber os grandes “carregamentos” de bênçãos prometidas por Deus. A oração é o mais eloqüente e o mais humilde discurso da alma a Deus. Quando você ora, Deus intervêm alargando as fronteiras de suas possibilidades. A Bíblia fala de Elias, um grande profeta de Deus no passado, como um homem de fé e triunfante na oração. A Bíblia diz que “Elias era um homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse, e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto” (Tiago 5.17,18).
Quando você ora, esta dizendo a Deus que não pode lutar sem o auxílio dEle.
Jesus mesmo lhe ensina como orar eficazmente: “Quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai, que vê o que está oculto; e teu Pai, que vê o que está oculto, te recompensará. E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que, por muito falarem, serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário antes de vós lho pedirdes” (Mateus 6.6-8).
A oração é como o cálcio necessário ao crescimento e fortalecimento dos ossos. Para que você cresça e se desenvolva espiritualmente sadio e forte, excercite-te na oração. Deus está disponível, pronto a atendê-lo.


3.  3. VIVA FIELMENTE
Vivendo em um mundo em que os valores morais e espirituais são tidos em pouca conta, mesmo assim Deus espera que você viva com fidelidade diante dEle e diante dos homens. Certamente que algumas vezes você será tentado a abandonar o ideal de uma vida fiel a Deus e aos princípios do Evangelho, e a abraçar os princípios morais deste mundo sem Deus. O que fazer no momento em que isso venha a acontecer? Resista! Não abra mão da sua fidelidade: Através do salmista Davi. Deus diz: “Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá” (Salmos 101.6).
Viver segundo os valores pervertidos deste mundo constitui-se numa forma de infidelidade e de inimizade contra Deus. Isso é o que a Bíblia chama de andar “conforme” (de acordo) com o mundo. Ela, porém, nos adverte de forma muito solene: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.2).
Aos que porventura indaguem até onde e quando devem ser fiéis diante de Deus, Jesus Cristo responde: “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (Apocalipse 2.10). Isto é: ainda que a sua decisão de seguir a Jesus Cristo algum momento, exija como paga a sua morte física, não importa, seja fiel até aí, na esperança da vida da ressurreição (“a coroa da vida”). Aleluiaa!!!


4.    4. TENHA COMUNHÂO COM SEUS IRMÂOS  
Como uma nova criatura em Cristo, você foi feito membro de um corpo: a Igreja. Assim como todos os membros de um corpo funcionam conjuntamente para o bem-estar de todo o corpo, assim também você deve contribuir com a edificação e progresso dos demais irmãos, membros da comunidade, da igreja à qual você passa a pertencer a partir de agora.
Uma forma própria para criar e fortalecer os laços do amor e da comunhão entre você e os seus irmãos espirituais é a possibilidade de se congregar, de participar das reuniões da igreja, juntamente com eles. A Bíblia fala disso quando registra: “E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras, não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros...” (Hebreus 10.2,25). Só quando congregado ou reunido junto com os seus irmãos em Cristo é que haverá mútuo estímulo à prática da caridade e das boas obras. De acordo com o apóstolo João, a comunhão com os irmãos, além de identificar o seu caráter com o de Deus, assegura-lhe o perdão de pecados. É isso que o apóstolo João diz: “Mas, se andarmos na luz, como ele (Deus) na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu filho, nos purifica de todo pecado” (I João 1.7).
Portanto, nunca permita que o diabo ou qualquer outro ser levante, entre você e seu irmão, qualquer coisa que venha a ser a razão de contenda, inimizade e, conseqüentemente, afastamento um do outro. “Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros” (Romanos 12.10).


5.  5. TESTEMUNHE DE JESUS CRISTO 
A Bíblia registra muitos milagres operados por Jesus Cristo. Dentre esses milagres, consta o de um endemoninhado que foi miraculosamente liberto do demônio que o atormentava. Agradecido a Jesus pelo que lhe havia feito, aquele homem pediu que Jesus lhe permitisse acompanhá-lo a partir daí. “Jesus, porém, não lho permitiu, mas disse-lhe: Vai para a tua casa, para os teus, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez e como teve misericórdia de ti”. Em continuação, o relato diz que “ele foi, e  começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera; e todos se maravilhavam” (Marcos 5.18-20).
Testemunhar é dizer aos outros o que Jesus fez por você e o quanto Ele teve misericórdia de você. Note que aquele homem foi mandado por Jesus no sentido de testemunhar primeiro aos seus próprios parentes. É isso o que Jesus espera de você também. Possivelmente os seus parentes não vão aceitar o seu testemunho da primeira vez. Não tem problema. Mais cedo ou mais tarde, eles hão de descobrir que o Cristo que fez e você uma nova criatura tem o poder de fazer o mesmo por eles.
Depois de ressuscitado dos mortos e antes de subir novamente para o céu, Jesus prometeu a ajuda do Espírito Santo àqueles que desejassem testemunhar dEle. Ele prometeu isso quando disse: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até os confins da terá” (Atos 1.8).
Você deve testemunhar de Jesus, seja por mandamentos: “Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda a criatura” (Marcos 16.15), seja por questão de gratidão: “Que darei eu ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito? Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor” (Salmos 116.12,13).  



Postado por: Illane Brandão

CUIDADO OLHINHO NO QUE VER...



A internet funciona como um disseminador de informações, mas não está restrito somente a isso, com ela pode-se estudar, entreter-se através de vídeos, jogos e musicas, está atualizado globalmente e até mesmo comunicar-se em eixos diferentes do mundo. Para quem deseja ver e alimentar-se de assuntos educativos faz um bom proveito do que a internet tem ofertado, além desta, podemos visualizar conteúdos e imagens na televisão e revistas. Contudo os mesmos veículos podem oferecer e manipular algo a mais do que conhecimento, cultura e educação, através deles existem meios de estimular os mais profundos desejos do ser humano “o da sexualidade” tudo por meio da cobiça dos olhos... Pois nunca antes existiu a oportunidade de alimentar e cultivar um vício secreto. Com a chegada da Internet, tudo mudou. O que antes estava longe e exigia esforço para alcançar, agora se pode experimentar com um simples clique do mouse. O sexo na Internet oferece de tudo: bate-papos sexuais ao vivo com parceiros do mundo inteiro, fotos e vídeos contendo imagens de excitantes corpos femininos, etc...
 A conseqüência é que os homens acabam se tornando consumidores descontrolados dessas ofertas. Para todos os lugares onde olham, os homens se deparam com imagens de mulheres sedutoras. Até mesmo as super-heroínas mais inocentes dos programas de TV têm seios grandes e sensuais e roupas bem curtas.

Assim é como o gênio da lâmpada pronto para satisfazer aos desejos da imaginação de um homem, a Internet, as revistas e a TV rodeiam os olhos e a mente masculina com suas estonteantes iguarias de nudez e sexo. Será que seria difícil imaginar a reação dos homens a esses convites? (Pensando)
Então... Será se estamos de fato corretos em colocá-los diante de nossos olhos? Certo que este ato não é referente somente aos jovens, mas a todos aqueles que se alimentam de uma alguma forma da pornografia através desses meios. Muitos perdem o seu tempo apreciando essas imagens tentando usufruir daquilo que está diante de seus olhos e outros não ficam satisfeitos apenas em olhar, passam, portanto a buscar o “alívio” de alguma forma devido à “abstinência” de tanto tempo.
Mas quanto a isso eu me recordava de uma determinada música infantil que diz o seguinte:
Cuidado olhinho o que vê
Cuidado olhinho o que vê
O Salvador do céu está olhando pra você
Cuidado olhinho o que vê
Bom... Se formos somente cantar sem ao menos refletir na letra da música infantil não vamos compreender a sua mensagem, é algo direcionado a todas as idades em seus dois extremos (criança a adulto) nos trás uma alerta que aquilo que colocamos às vezes diante de nossos olhos não agrada a Deus. Você deve está achando, poxa que post careta;
- Qual é o mal de ver alguma coisa do tipo de vez em quando?!
Aí que está... Em Salmos 101. 3 diz: Não porei coisa torpe diante dos meus olhos; aborreço as ações daqueles que se desviam; isso não se apagará a mim. Como pode ver na palavra de Deus diz que não podemos colocar coisas impuras diante de nossos olhos, pois como Paulo disse: Todas as coisas me são lícitas, porém nem todas me convêm...
Então eu posso tudo, mas não é agradável que eu coloque coisas impuras diante de meus olhos, pois além de não ser conveniente, Jesus em sua palavra diz que nosso corpo é templo e morada do Espírito Santo. E que ao menos olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.”(Mt 5.28)
A palavra de Deus é clara e objetiva no que diz, vamos, portanto usar nossa visão para meios que nos proporcionará sabedoria e edificação para nossas vidas... Fiquem na paz!

Alinne Emanuela

SUA NOVA VIDA EM CRISTO (cinco coisas que você deve saber)


1.                  OS SEUS PECADOS FORAM PERDOADOS

A bíblia apresenta a sua vida de outrora, como uma vida de escravidão ao pecado, mas diz também que você, agora, é servo da justiça divina: “Mas graças a Deus  que tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. E libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça” (Rm 6.17,18).
Muitos anos antes do apóstolo Paulo haver escrito estas palavras, o Senhor Jesus Cristo já havia dito  que “todo aquele que comete pecado é servo do pecado” (Jo 8.34). Mas graças à decisão que tomou de seguir a Jesus, a sua vida de outrora, escrava do pecado, é uma página passada da história da sua vida. O que você era sem Jesus já não importa. A partir de agora, perdoado, o que importa é o que você é em Jesus Cristo.
Escrevendo a um grupo de crentes do seu tempo, o apóstolo Paulo disse: “E, quando vós estáveis mortos nos pecados e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de vós, cravando-a na cruz (Cl 2.13,14).
Você era devedor de uma grande dívida espiritual, á qual não tinha a menor possibilidade de pagar. Mas, na cruz, Jesus pagou sua dívida e lhe passou ás mãos o recibo de quitação.
Dessa forma você foi perdoado de tudo o que devia para com Deus. Agora o pecado já não tem domínio sobre a sua vida.
“Não reine, portanto o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências” (Rm 6.12).

2.      AGORA VOCÊ É UMA NOVA CRIATURA EM CRISTO

A bíblia diz: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Co 5.17).
O “velho” e o “antigo” têm a ver com a vida de outrora, ou seja, a vida que você tinha até o instante em que decidiu por aceitar a Jesus como seu salvador único e pessoal. “Nova criatura” ou aquilo que se fez “novo”, diz respeito à vida que você passou a viver desde aí. O apóstolo Pedro fala dessa sua vida, nas seguintes palavras: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos... Sendo de novo gerados não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e, que permanece para sempre” (1 Pe 1.3,23).
Você foi feito nova criatura: a) segundo a misericórdia de Deus; b) para uma nova esperança; c) pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos; d) não de semente corruptível; e) da incorruptível semente, pela palavra de Deus.
Você já não anda segundo a natureza pecaminosa herdada de seus pais. Pelo contrário, agora você tem a mente e a natureza de Cristo. Você nasceu da água (a palavra de Deus) e do Espírito (Jo 3.5). O seu novo nascimento procede de cima, do alto, do céu, de Deus. Não mais se preocupe com o passado. Agora você deve olhar só para frente, para Jesus, autor e consumador da fé... (Hb 12.2)

3.      DEUS AMA VOCÊ

Conversando com Nicodemos, um ilustre judeu do passado, Jesus disse o seguinte: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16). Falando do amor de Deus, o apóstolo Paulo disse que “Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.8).
A maior prova  do amor de Deus para com você e para com todo o mundo, é ter Ele permitido que o seu filho Jesus Cristo padecesse e morresse para salvar-nos e reconciliar-nos com Ele.
Se Deus o amou quando você era ímpio e inimigo dEle, “muito mais agora, sendo justificados pelo o seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5.9).
Descanse no amor de Deus. Deus sempre faz o melhor em benefício de seus amados.

4.      VOCÊ É FILHO DE DEUS

“Porque todos o que são guiados pelo o Espírito de Deus esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo que clamamos Abba Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus e co- herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados” (Rm 8.14-17).
O seu relacionamento com Deus mudou a partir de agora. A sua relação anterior com Deus era á base de criatura e criador, réu e juiz. Agora é diferente. Existe uma estreita relação entre você e Deus. Agora você é filho de Deus. O Espírito Santo testifica  com o seu próprio espírito que, na condição de filho de Deus, você é herdeiro dEle e co-herdeiro de Jesus Cristo. Nesta condição o seu vínculo familiar com Deus vem torná-lo infinitamente mais digno e mais honrado que o principal dos herdeiros de maior fortuna deste mundo.
Repouse no privilégio de ser filho amado de Deus. Na verdade, os cuidados de Deus para com seus filhos excedem em muito ao nosso amor para com os nossos próprios filhos. Deus mesmo lhe garante isto quando diz de forma muito doce: “pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que se não compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, me não esquecerei de ti. Eis que 
nas palmas das minhas mãos te tenho gravado...” (Is 49.15,16).

5.      VOCÊ PODE VIVER VITORIOSAMENTE

“Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Co 15.57).
A sua vida de outrora era uma vida de fracassos e de derrotas espirituais. Agora, porém, liberto do pecado e salvo por Jesus Cristo, você tem pela frente uma deslumbrante vida de triunfos. Apesar de a partir de agora você passar a possuir três terríveis  inimigos, Deus lhe oferece provisão que o habilita a vencê-los. Esse três inimigos são: a carne, o mundo e Satanás.
Você pode vencer a carne: “Andemos honestamente, como de dia, não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja. Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências” (Rm 13. 13,14).
Você pode vencer o mundo: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé” (1 Jo 5.4).
Você pode vencer a Satanás: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca” (1 Jo 5.18).
Não se assuste diante da perda de algumas das suas batalhas. Perder uma batalha não significa perder uma guerra. Certamente que você perderá algumas das suas batalhas, mas o triunfo final será seu. Segundo a bíblia, ao apagar as luzes desta vida, bem como o brilhar as da eternidade, você será levado a dizer de forma triunfal: “tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?” (1 Co 15.54,55).
Que o Senhor lance o seu cuidado sobre tua vida, fique na paz do Amado.


Postado por: Alinne Emanuela
Fonte: Raimundo de Oliveira

UM PLACAR DE CAMPEÃO

QUAL SEU TIME?

O futebol é um esporte amado por milhões ao redor do mundo. Ele desperta forte paixão e a mais acalorada devoção! Seja torcendo pelo time do coração ou vibrando com a seleção brasileira, o que queremos ao final, é sempre comemorar a vitória. Ainda que o nosso time acabe na “segundona”, sempre que ele colocar o “coração na ponta da chuteira”, estaremos vibrando por ele!




Nossa vida também é como uma partida de futebol. Nela, dois times se enfrentam: bem e mal, certo e errado, justiça e pecado, Deus e Satanás. Quer saibamos disso ou não, estamos envolvidos nessa partida decisiva, jogando dum lado ou de outro. Não há meio termo. Em geral, as pessoas sempre acham que estão jogando no time do bem, do lado de Deus.

“Há caminhos que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte.” PV 14.12






ENGANADO

Como podemos saber se estamos jogando do Lado vitorioso, no time de Deus? A palavra de Deus, a Bíblia, mostra que todo ser humano vive pisando na bola e marcando gol contra, pois nasceu pecador.

“Todos pecaram e destituídos estão da gloria de Deus.” Romanos 3.23

Isso quer dizer que o homem natural joga sempre do Lado adversário, ou seja, do pecado e de Satanás.
“...todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; éramos por natureza filhos da ira, como também os demais.” Efésios 2.3
O grande lance do diabo é tentar nos convencer de que, mesmo sem perdão dos pecados, nós fazemos parte do time de Deus. Essa jogada já está manjada! Todo homem é pecador e terá de enfrentar o juízo. A não ser que receba o perdão dos pecados.


PERDOADO!

Se temos de ser perdoados pra sermos vencedores, como podemos, então, obter o perdão dos pecados?

“Deus dará prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.” Romanos 5.8

Por amor a nós, Deus entregou Seu Filho Jesus para morrer na cruz em nosso lugar, para nos trazer o pleno perdão dos pecados:
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3.16
A vitória é daquele que se arrepende dos pecados e, pela fé, entrega a vida a Cristo, o filho de Deus:

“Todo aquele que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” 1João 5.4






APITO FINAL!

Quando soa o apto final, com o nosso time à frente no placar, podemoscantar a vitória. É assim também em nossa vida. Quando Deus, o Juiz Eterno, apontar para o centro do gramado, e tivermos de enfrentar a morte, não teremos nada a temer, pois a Bíblia diz: 

“Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Mas graças a Deus que nos dá vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.” 1CO 15.54b, 55, 57


Fonte: Interlink
Postado por: Illane Brandão

Apresentação

Sejam bem vindos

Páginas

Ocorreu um erro neste gadget

Visitas

Seguidores

Pesquisar este blog

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget